quarta-feira, 6 de março de 2013

Ando a matutar nisto há dias

Já li vários blogues a dizerem que não gostam de histórias tristes, não perdem tempo a ler as tristezas, as mágoas dos outros.

No entanto por norma, quando eu escrevo as minhas histórias tristes, as minhas mágoas, é quando o blog tem um pico de "audiências".

Analisando bem a coisa, chego à conclusão egoísta que as pessoas têm esperanças ao ler histórias tristes, dramáticas, depressivas. A esperança de que haja vidas piores que as delas.

Eu quando leio uma história triste comovo-me. Fico solidária com a história. Mas depois penso "E eu ainda me queixo, quando devia agradecer o que tenho".

Então afinal o que é que as pessoas querem? O que é que vocês, leitores querem?

Um bom drama é sempre bom. Por isso é que as pessoas compram o "Correio da Manhã".

7 comentários:

Tal mãe, tal filha disse...

Acho que as pessoas querem um pouco de tudo, eu pelo menos não estou sempre com vontade de comédias nem de tragédias, há dias pra tudo e tenho dias em que não me apetece nada...

Beijos/ A Mãe

PINTA ROXA disse...

Acho que gostamos de saber como vai a vida daqueles que acompanhamos no dia a dia pela net.
Eu gosto de saber que a "Maria" teve uma bela tarde com a amiga, mas tambem gosto de estar ao lado e dar uma palavra de carinho á "Joana" que está com uma depressão...
jocas

Maria disse...

Sou recente nestas andanças e tenho escrito ao sabor do que sinto e experiencio no meu dia a dia...quando escrevo não penso se vou ou não agradar...quando leio a variedade da partilha de quem escreve torna-a mais próxima e mais real...concordo com a Pinta Roxa...afinal as pessoas que acompanhamos na net tornam-se de certa forma parte da nossa vida e é natural que queiramos saber como vão nos melhores e piores dias!

Maria

Cláudia disse...

Olha como é lógico, não sinto prazer ao ler que a pessoa A ou B está mal.
Mas quando leio, gosto de dar uma palavra amiga. Deixar claro que a pessoa tem ali quem a compreenda, quem sinta compaixão por ela.
Mas já consigo sentir uma alegria imensa ao saber que a pessoa está bem ou que a coisa que tanto queria, aconteceu.
Consigo sentir felicidade pelas pessoas que nem conheço pessoalmente.

Beijocas

Toni dos bifes disse...

Pessoalmente, sou mais um gajo da comédia, mas se o drama for realmente bom, venha ele.

Karina sem acento disse...

Ahahahah achei piada ao teu comentário "Um bom drama é sempre bom. Por isso é que as pessoas compram o 'Correio da Manhã'".

Mas sim, concordo contigo especialmente quando são blogues os quais já sigo há algum tempo. Não é que goste de saber que as pessoas passam mal ou andam infelizes, antes pelo contrário, mas acabam por encontrar no blog uma forma de desabafo, e eu acabo por ficar comovida, e a pensar em várias situações...

Roxy Girl disse...

Olha o Correio da manhã deixei de o ler, quase que saia com as lágrimas nos olhos (desde que o meu Avô faleceu choro por tudo e por nada), o que eu gosto mesmo é de histórias felizes! Continuam a fazer-me acreditar que tudo melhora, e quando são menos felizes pois que também "gosto" afinal somos humanos e ninguém é perfeito.