quinta-feira, 22 de junho de 2017

Hoje (ainda é só quinta)

Hoje foi daqueles dias! Saí do trabalho com uma dor de cabeça enorme. Acredito que o cansaço psicológico é mais massacrante que o físico. Porque a cabeça nunca pára.

Felizmente a minha colega volta das férias já no fim de semana, ao menos somos duas a pensar e resolver as coisas.

E eu já só penso no fim de semana com muuuuito descanso, sushi, sofá, Amor, sushi, já disse que vai haver sushi?

E que raio de tempo é este? Esteve um calor do caraças, agora já está vento, já quase durmo de casaco de pelo, decidam-se! 🌡🌞⛆☈🌦⛄🌬🌪

terça-feira, 20 de junho de 2017

A rapidez do tempo

Lembram-se daqueles longos dias de aulas em que o tttteeeemmmmpooooo paaaasssssaaaaavvvaaaaaaa leeeeentaaaaaaaameeeeenteeeeeeee? Eu lembro-me que as aulas davam para fazer milhares de coisas. Davam para jogar ao stop, para conversar com a amiga do lado, para bocejar 36392948 vezes, para olhar para o relógio 36392948 vezes e só tinham passado 0.0000001 segundos, para desenhar caras nos bonecos dos livros (os meus livros de História sofreram muito), para conversar mais um bocadinho, para ser apanhada a conversar, para ir ao quadro como "castigo" para responder às perguntas (que 99% das vezes eu não fazia patavina ideia do que era), para regressar ao lugar e conversar mais um bocadinho sobre o alívio de regressar ao lugar.

Agora que somos adultos, o tempo é gerido e entendido de outra forma. E quando a vocês não sei, mastodososmeusdiaspassamassimsobretudonotrabalho. A sério, se eu me descuido um naniquinho de tempo a fazer alguma coisa, pimbas, já passou 1 hora e eu "não fiz nada". O meu horário de trabalho é de 6 horas diárias e eu raramente faço menos de 7. Mas a maior parte das vezes faço 8, sem hora de almoço, como qualquer coisa rápida e volto ao trabalho. É que se paro de trabalhar 1 hora para almoço, quando regresso tenho 294859 coisas novas para fazer para além das que deixei a meio.

A sério, o que me irrita é que eu não posso simplesmente largar o trabalho e sair. O meu trabalho não dá para isso. Por isso para mim é impossível marcar alguma coisa a uma determinada hora. Na Quinta que foi feriado, a loja ia fechar a uma determinada hora e passado uns 20 minutos eu saia. Saí 2 HORAS mais tarde!!! As horas são pagas, não me queixo, mas chego ao Domingo derreada. E o pior é que fica SEMPRE alguma coisa para fazer.

E ainda falta tanto para as férias! 😣😣😣😎

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Vai na volta sou gente importante 😛🐔

Nunca até hoje me tinha apercebido, talvez por nunca ter ficado completamente sem fala como estou agora, que TODA a gente quer/precisa de falar comigo. Não sei se é causa/efeito, como quando lavamos os vidros e no dia seguinte chove, mas a afonia trouxe até mim Portugal inteiro, ao telefone. E claro que não são coisas a que dê para responder só "hum hum", não, são coisas que precisam de teses e mestrados orais.

Estou que não posso, pareço daqueles bonecos que chiam.



terça-feira, 6 de junho de 2017

Pobres e mal agradecidos não, obrigada

Hoje ligaram lá para o trabalho e claro que por azar fui eu a atender. Começa uma rapariga do norte a falar e a dizer que é assistente social. Como temos lá colegas com algumas situações delicadas, lá lhe disse que naquele momento a responsável era eu e se podia ajudar.
Começa a dizer que é de uma instituição de ajuda e que precisam de contribuições e que o método de envio era tal, que não havia valor mínimo, blá blá blá. Quando finalmente a rapariga me deixa falar eu digo que não tratamos desses assuntos ali, que aquilo é uma loja. E ela, que me trocou o nome 3 vezes, disse que não estava a ligar para que fossem os patrões a contribuir mas sim que fosse eu. Eu disse que não estava interessada, mas ia dar-lhe o mail para que pudesse entrar em contacto com alguém superior lá da loja. Só vos digo que o tom dela mudou logo, assim que disse que não estava interessada, nem me deixou dar o mail, disse logo "então adeus, tudo de bom para si". Mas de certeza que o maior desejo dela era que eu partisse um osso qualquer 😂

Epá, não há pior que gente pobre e mal agradecida. Os meus patrões gostam de ajudar, se calhar até ficavam interessados na causa. Perdeu por ser apressada.